sábado, 25 de janeiro de 2020

Barres de céréales

Já há tempos que andava com vontade de fazer barras de cereais caseiras mas nunca encontrava uma receita que me agradasse.

Até que procurei no blog da Carla, que já sigo há vários anos e encontrei exactamente o que procurava (aqui: https://omeutempero.blogspot.com/2015/01/barrinhas-de-cereais-com-cacau-no-forno.html)

Uma receita fácil e saudável, apenas com ingredientes naturais.

Adaptei um pouco para ficar mais ao nosso gosto e ficou mesmo perfeito!

Deu-me para 12 barrinhas de aproximadamente 55g cada uma.

Obrigada Carla! ;)


- 200g de flocos de aveia

- 100g de pepitas de chocolate

- 75g de amêndoas ligeiramente picadas

- 75g de nozes pecan

- 1 colher de sopa de cacau em pó sem açúcar

- 200ml de mel


Numa tigela, misture todos os ingredientes exceto o mel.

Aqueça o mel no microondas durante 20 segundos para torná-lo mais líquido.

Misture bem o mel à preparação anterior.

Forre um tabuleiro quadrado com papel vegetal e verta a preparação.

Calque bem com as costas de uma colher para que fique bem compacto.

Leve a forno pré-aquecido a 160C durante 25 minutos.

Deixe arrefecer por completo antes de cortar as barrinhas.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Batata doce assada no forno

Bom dia! 

Quem gosta de batata doce?

Eu gosto dela assada no forno sem nenhum tempero e não tem nada que saber mas aqui vai a receita.


Preaqueça o forno a 400C.

Lave e corte a batata aos quartos.

Disponha num tabuleiro coberto com papel vegetal.

Se gostar, tempere com sal. Eu não meto nenhum tempero porque gosto dela mesmo assim ao natural.

Leve ao forno e deixe cozer durante 35 minutos (virei os pedaços a meio da cozedura).


segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Guisado de vaca com molho de tomate e feijão verde

Gosto de aproveitar do sossego dos domingos para preparar pratos que demoram mais tempo e que rendem para várias refeições durante a semana.

Os guisados (e os gratinados) são excelentes pratos para isso.

Resolvi então começar a semana já bem preparada com esta receita que faço regularmente e que é uma autêntica delícia.

Demora algum tempo a cozer mas vale mesmo a pena!





- 1,7kg de carne de vaca

- 500g de feijão verde

- 200g de cogumelos frescos

- metade de uma cebola

- 2 dentes de alho

- 20g de sal grosso

- pimenta preta moída

- azeite

- 1 copo de água (200ml)

- 1l de polpa de tomate


Frite a carne num fio de azeite apenas para dorar de cada lado.

Retire e tempere com a metade do sal e uma pitada de pimenta.

Na mesma panela, refogue o alho e a cebola picados.

Junte a polpa de tomate e o copo de água. Misture bem.

Volte a juntar a carne, juntamente com o feijão verde e os cogumelos. Tempere com o resto do sal e mais uma pitada de pimenta e misture bem.

Deixe levantar fervura.

O molho deve cobrir a carne e os legumes sem ser muito espesso. Se for necessário, junte mais um pouco de água. Se estiver demasiado líquido, deixe ferver sem tampa durante alguns minutos até o excesso de água se evaporar.

Cubra, baixe o lume para o mínimo e deixe cozinhar durante 2 horas.

E já está pronto! Demora a cozinhar mas é simples de fazer.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Salmão gratinado com camarão e vieiras

Já sabem que gosto muito de pratos gratinados, não é?

Pois então aqui vai mais uma receita, desta vez com peixe.

Ficou ótima e foi feita num instante.


- 1 filete de salmão fresco (700g)
- 350g de camarão cru e descascaso
- 350g de miolo de vieiras
- 1 alho francês
- sal e pimenta
- 4 colheres de sopa de manteiga
- 500ml de leite quente
- 2 colheres de sopa de farinha
- 100ml de natas
- 1 colher de chá de noz moscada moída
- queijo ralado q.b.

Disponha o salmão num tabuleiro e cubra com o camarão e as vieiras. Tempere com sal e pimenta.

Numa frigideira, derreta 2 colheres de sopa de manteiga e adicione o alho francês cortado às rodelas e as natas. Tempere com sal e pimenta. Deixe alourar até o alho francês ficar tenrinho e as natas engrossarem. Retire do lume e reserve.

Prepare agora o molho bechamel: derreta 2 colheres de sopa de manteiga numa pequena panela e junte 2 colheres de sopa de farinha. Misture com um batedor de varas e junte progressivamente o leite quente, sem deixar de mexer com o batedor para não deixar formar grumos. Tempere com sal e noz moscada. Deixe cozer até o molho engrossar, tendo o cuidado de ir sempre mexendo para não se colar ao fundo. 

Espalhe o alho francês por cima do peixe e cubra com o molho bechamel.

Termine polvilhando com queijo ralado e leve ao forno pré-aquecido a 200°C durante 15 minutos.

Sirva com arroz.

domingo, 5 de janeiro de 2020

Perna de perú no forno

Hoje trago-vos novamente uma receita fácil mas bem apetitosa.
Adoro pratos no forno porque ficam bem suculentos e são refeições mesmo reconfortantes.


- 1 perna de perú (esta tinha 1,2 kg)
- 13g de sal grosso
- 1 pitada de pimenta preta moída
- 2 folhas de louro
- 1 colher de sobremesa de paprika em pó
- 2 dentes de alho
- 200 ml de azeite
- 4 batatas

Numa grande travessa, disponha a perna de perú ao centro e rodeie com as batatas cortadas aos quartos.
Num recipiente à parte, coloque o azeite, o sal, a pimenta, o louro, a paprika e o alho e triture tudo muito bem.
Regue o perú e as batatas com este molho.
Se achar necessário, pode terminar por regar com um pouco mais de azeite.
Leve ao forno préaquecido a 200°C durante 1h30.
Se preferir que as batatas fiquem mais firmes, adicione-as à travessa só depois de 30 minutos do perú estar no forno.
Bom apetite!


domingo, 29 de dezembro de 2019

Caramelo para pudim

Nestes dias feriados sabe bem sobremesas ricas como pudim caseiro.

E como não tinha caramelo em casa, decidi lançar-me na aventura de fazer caramelo caseiro para pudim de ovos.

Tinha receio mas afinal foi super fácil e resultou mesmo bem.

Nunca mais se compra caramelo industrial cá para casa!

E obrigada à Rita pela receita: https://youtu.be/x8ymzhLnwkA


- 300g de açúcar
- 100 ml de água fria
- 100 ml de água quente

Numa panela, misture o açúcar com a água fria.

Leve a lume médio até ficar com a cor de caramelo. Atenção para não deixar queimar, assim que ficar com esta cor escura como vêem na foto, passe à próxima etapa.

Junte a água quente e misture: cuidado porque vai borbulhar muito.

Deixe ferver durante 1 minuto.

Desligue o lume e deixe arrefecer.

O caramelo vai engrossando conforme vai arrefecendo.

Pode usar de imediato ou guardar num frasquinho de vidro.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Ramen Tonkotsu

Olá a todos!

Hoje trago-vos uma receita especial.

Como já sabem, aqui em casa, somos grandes apreciadores de Ramen, um prato japonês de massa num caldo bem gostoso e guarnecida com carne e uma variedade de legumes ou outros ingredientes.

Já vos tinha apresentado uma primeira receita (https://receitascasa.blogspot.com/2019/02/ramen-miso.html) com o caldo Miso.

Existem vários tipos de caldo de base para fazer Ramen: caldo Shoyu, caldo Miso e caldo Tonkotsu.

Hoje venho mostrar-vos como fazer o caldo Tonkotsu, que é o que demora mais tempo (cozedura entre 12 e 18 horas!) mas que é o mais gostoso.

Encontrei a receita aqui: https://youtu.be/D3BkAmCi9s

Deu-nos muito prazer preparar esta receita e acreditem que valeu a pena, ficou excelente!

Para os toppings, podem usar os ingredientes que preferirem: cogumelos, milho cozido, rebentos de soja, algas, rebentos de bambu, ovo cozido, etc..



Para o caldo :

- 900g de pés de porco

- 900) d'osso de porco (cachaço)

- 900g de chispe de porco

- 4 cebolinhas verdes

- 4 dentes de alho

- 3 fatias de gengibre fresco

- 1 cebola


Para o molho "Shoyu Tare" (opcional: pode simplesmente temperar o caldo de base com sal):

- 65ml de mirin

- 65ml de sake

- 125ml de molho de soja japonês

- 125ml de água fria

- 1 colher de sobremesa de Dashi em pó (encontra-se nas mercearias asiáticas)

- 1 colher de sobremesa de sal fino

- 1 colher de sobremesa de caldo de galinha em pó (encontra-se nas mercearias asiáticas)


Acompanhamentos (para 2 sopas Ramen):

- 4 fatias de chashu (a receita está no meu artigo anterior de Ramen Miso que mencionei acima)

- 2 ovos marinados em molho de soja (a receita está no meu artigo anterior de Ramen Miso que mencionei acima)

- 2 cebolinhas verdes

- 1 folha de alga nori

- 300g de noodles especiais para ramen (frescas de preferência)


Preparação do caldo Tonkotsu:

Numa panela grande, mergulhe as carnes de porco em água fria e deixe reposar no frigorifico durante 12-24h. Este processo vai extrair os restos de sangue da carne e dos ossos.

Deite fora a água e lave bem cada osso para retirar as impurezas e os restos de sangue.

Meta os ossos de novo numa grande panela limpa e cubra com água fria.

Leve ao lume até levantar fervura e deixe ferver durante 10 minutes, retirando a espuma que se vai formando.

Despeje a água e lave novamente os ossos, um por um, para retirar as novas impurezas que saíram. Esta etapa é importante para obter depois um caldo esbranquiçado.

Ponha outra vez os ossos numa panela limpa, desta vez com o resto dos ingredientes: cebolinhas verdes, alho, cebola e gengibre.

Cubra com água fria até aproximadamente 5cm acima dos ossos.

Deixe levantar fervura e baixe o lume até obter uma fervura constante mas baixa. Deixe cozer entre 12h e 18 horas (eu deixei 12h).

A cada 2 horas, mexa o caldo e verifique se evaporou muito. Se necessário, reponha com água quente para manter o nível inicial.

Deixe arrefecer e filtre o caldo.

Deite fora o que sobrou das carnes e dos legumes (depois de tantas horas a cozer, não sobra grande coisa).

E o caldo já está pronto! Pode servir de imediato ou congelar em porções individuais.



Preparação do molho Shoyu Tare:

Numa panela pequena, misture o mirin com o sake e aqueça em lume médio (sem ferver) durante 5 minutes para evaporar o alcool.
Junte os outros ingredientes e continue a aquecer (sem ferver) durante mais 5 minutos.
Desligue o lume e reserve.


Preparação dos acompanhamentos:
A carne chashu e os ovos marinados devem ser preparados no dia anterior (a receita está no meu artigo anterior de Ramen Miso que mencionei acima).

Corte o ovos ao meio no sentido do comprimento.

Corte as cebolinhas verdes em rodelas fininhas e a folha de alga em quadrados.

Coza as noodles em água (sem sal) durante 3 minutos. Escorra e reserve.

Em cada tigela, meta 4 colheres de sopa do molho Shoyu Tare (dispense esta etapa s le preferir apenas temperar o caldo com sal).

Segundo a sua preferência, pode também juntar uma pitada de pimenta branca e uma colher de sopa de óleo de alho negro ou outros condimentos que preferir.

Regue com 300ml do caldo Tonkotsu. Misture bem.

Junte as noodles e os acompanhamentos que preparou.

E já está pronto!