segunda-feira, 22 de julho de 2019

Paella à minha moda

Olá pessoal e boa semana!

Hoje trago-vos um dos meus pratos preferidos: paella!

Aviso já que esta não é a receita original ou tradicional porque perdi a receita que uma amiga espanhola me tinha dado e acabei por improvisar ;) mas ficou excelente e resolvi partilhar convosco!


- 300g de arroz Arborio
- 900ml de água a ferver
- 1 boa pitada de pistilos de açafrão
- 100g de miolo de mexilhão
- 150g de miolo de camarão
- 100g de ervilhas
- 500g de coxas ou pernas de frango
- sal
- azeite

Numa frigideira larga (de preferência uma que seja própria para paella), frite o frango num fio de azeite até estar quase cozido e bem douradinho de ambos os lados.

Durante esse tempo, ferva a água e retire um copo dela para marinar o açafrão.

Junte o arroz na frigideira, misture e adicione a água e também o copo da água com o açafrão.

Misture só para egalizar e deixe cozer sem tampa a lume médio/baixo durante 17 minutos.

Cerca de 5 minutos antes da cozedura terminar, junte o marisco, as ervilhas e o chouriço por cima do arroz, sem mexer o arroz.

Quando os 17 minutos terminarem, apague o lume e deixe reposar durante 5 minutos antes de servir.

sábado, 13 de julho de 2019

Esparguete com molho pesto

Olá e bom fim de semana a todos!

Hoje trago-vos uma receita bem fácil e rápida.
Pessoalmente, nunca tinha feito nem provado molho pesto. Sempre me intrigou mas nunca me senti muito atraída a este molho verde...
Mas como o meu majericão este ano está bem estrondoso e tinha já demasiadas folhas, apesar de utilizá-lo diáriamente nas nossas saladas, decidi finalmente experimentar esta receita.

E fiquei surpreendida com o resultado, o molho é mesmo delicioso!

Achei um pouco enjoativo depois de se comer uma certa quantidade, mas é realmente muito saboroso e gostei imenso.

Lição do dia: nunca hesitar a provar novas receitas! :)

Tirei a receita deste site : https://www.meilleurduchef.com/fr/recette/pesto.html


Para 300g de massa :
(até acho que dava para um pouco mais de massa porque sobrou-me ainda molho no fundo da panela)

- 60g de folhas de manjericâo fresco
- 70g de parmesão ralado
- 3 colheres de sopa de pinhões
- 2 dentes de alho
- 300ml de azeite
- 1 pitada de sal grosso

Num grande copo de batedeira, meta as folhas de manjericâo e a pitada de sal. Triture bem.
Junte agora o parmesão e os pinhões. Triture e logo de seguida comece a juntar o azeite a fio para fazer uma emulsão como se fosse uma maionese.
Junte o alho descascado e triture uma última vez.
E já está pronto a juntar à massa cozida. Nem é preciso aquecer, o calor da massa é suficiente para envolver bem o molho.

domingo, 7 de julho de 2019

Pipocas caramelizadas

Bom domingo a todos!

Hoje trago-vos um petisco doce que apreciamos muito cá em casa: pipocas!

Para fazer as pipocas, uso uma máquina de ar quente que não necessita óleo e que fá-las em apenas alguns minutos."

Mas o artigo de hoje é para partilhar convosco a receita do caramelo para as pipocas.

Depois de inúmeras tentativas aqui em casa, encontrámos finalmente a receita perfeita no canal Youtube "Cupcake Jemma" : https://www.youtube.com/watch?v=qVuGe_qYm0E&t=3s

Juro-vos que as pipocas com este caramelo ficam mesmo parecidas às que compramos no cinema, é uma delicia!!

Sempre tive uma certa apreensão em fazer caramelo mas esta receita ficou excelente. Segui à risca as indicações e quantidades do vídeo e deu mesmo certo!

O único segredo é mesmo não deixar o caramelo queimar e vou explicar isso na receita.


(Para 90g de milho)

- 210g de açúcar branco
- 100ml de água
- 1 colher de sopa de manteiga

Numa panela larga, deite o açúcar e a água.
Não misture com nenhuma colher durante todo o processo, apenas pode agarrar na panela e sacudir ligeiramente a panela para que o açúcar fique homogeneo (pode ver no video que indiquei acima como se faz).

Leve ao lume (a lume médio) e deixe o açúcar  ferver até ganhar uma cor castanha (cor de âmbar). Aconselho a visionar o video que indiquei acima para verificar o nível da cor que precisa atingir. Aqui nesta etapa é que é preciso ter cuidado para não deixar queimar o caramelo.
Assim que atingir uma cor castanha uniforme, já pode desligar o lume.
Dica: no meu caso, a cor castanha começou a formar-se nos lados e no centro demorava mais tempo. Assim que isso acontecia, virei delicadamente a panela em movimentos circulares para misturar o caramelo (sem tocar com nenhuma colher) e assim uniformizar a cor.

Quando atingir a cor desejada, desligue o lume e adicione a manteiga, mexendo rapidamente com uma espátula.

Quando obter um caramelo cremoso e liso, sem espuma e que já não ferve, está pronto!

Derrame o caramelo por cima das pipocas e mexa imediatamente com uma espátula para envolver bem.
Transfira as pipocas para um tabuleiro ou uma placa forrada com papel vegetal e deixe arrefecer.
Quando arrefecerem, já pode separar as pipocas e apreciar !